Veja 9 itens que merecem investimento e destaque-se perante os recrutadores

Postado dia 12/06/12 em Mercado de Trabalho, Notícias, Sem Comentários

A situação econômica do Brasil vem melhorando nos últimos anos, o que faz com que cada vez mais as pessoas invistam em educação. Só para ter uma ideia, segundo dados apurados pela Ideal Invest, atualmente, o gasto da classe média brasileira com cursos de graduação está 40% maior do que em um passado recente. Contudo, ter um diploma universitário e um curso de inglês no currículo já não são suficientes para garantir uma boa colocação no mercado de trabalho.

Diante dessa realidade, o portal InfoMoney foi ouvir especialistas em carreiras para saber no que os jovens que estão no meio da graduação ou próximos de entrar definitivamente no mercado de trabalho devem investir para se destacarem perante os recrutadores.

Dicas
Abaixo as dicas elaboradas pelo presidente da Junto Brasil Fast Recruitment, Ricardo Nogueira, e pela diretora de projetos do Great Place to Work, Roberta Hummel.

1 – Tenha uma boa formação. Investir na formação acadêmica é essencial para se diferenciar. Entretanto, segundo explica Nogueira, engana-se quem pensa que uma boa formação acadêmica resume-se a cursar uma graduação em uma instituição renomada. Para ele, é preciso se empenhar.

“Antes de escolher a faculdade, verifique se ela é aprovada pelo MEC (Ministério da Educação), cheque o corpo docente e observe a grade curricular. Já durante o curso, dedique-se, estude com afinco, participe das atividades realizadas pela faculdade, entre em grupo de pesquisas, empresa júnior, centro-acadêmico. Isso pode ser um diferencial no início da carreira”.

2 – Faça cursos de idiomas. Ainda segundo Nogueira, ter o inglês no currículo é essencial. Assim, se possível, invista em outros idiomas para se destacar, especialmente naqueles que podem ser mais utilizados na sua área de atuação. Fazer intercâmbio para aprimorar a língua é uma medida interessante.

3 – Terminou a faculdade? Faça uma pós-graduação. O conselho é ainda mais válido para os jovens que não tiveram a oportunidade de cursar a graduação em faculdades de ponta. Contudo, diz o presidente da Junto, é importante que a pós esteja alinhada com a formação acadêmica e os caminhos que a carreira da pessoa tomou. Ou seja, de nada adianta estar trabalhando em uma área e fazer a pós em outra.

Ainda neste sentido, sobre o MBA, diz o especialista, este é mais indicado para quem já tem um certo tempo de carreira, visto que para ser melhor aproveitado é importante ter experiência para trocar.

4 – Dê atenção ao networking. No começo da carreira, os recrutadores não vão olhar quem a pessoa conhece, mas ele ajudará o jovem profissional a saber das oportunidades, além de, em alguns casos, referendar uma escolha.

5 – Desenvolva as habilidades comportamentais. Hoje, elas são tão importantes quanto as habilidades técnicas. Assim, observe a si mesmo e às pessoas de sucesso que têm a sua volta. O falta em você? Tente desenvolver isso. Caso não seja possível, procure ajuda especializada, como um coach.

6 – Trabalhos sociais podem fazer a diferença. Para quem está dando os primeiros passos no mercado de trabalho, ter feito algum tipo de trabalho voluntário pode ser um diferencial, especialmente, explica Roberta, se este tiver relação com a profissão que a pessoa escolheu.

7 – Desenvolva o seu capital cultural. Participe da cena cultural da sua cidade e invista também em conhecimentos gerais mantenha-se informado. Pessoas que sabem conversar além da profissão, geralmente se mostram mais interessantes, diz Roberta.

8 – Faça estágio. O estágio é o momento de aprendizado, onde a pessoa poderá colocar em prática muito do que está aprendendo na sala de aula. Terminar a graduação sem este tipo de experiência no currículo pode ser fatal.

9– Vai mandar um currículo? Conheça os valores da empresa. Segundo Roberta, isto é extremamente importante, visto que ao mostrar aos recrutadores que os seus valores são os mesmos da empresa, aumenta-se consideravelmente as chances de contratação.

(texto originalmente publicado na Gazeta Online – Globo)

Post a Comment

Your email is never published or shared. Required fields are marked *